Redescobrir o mundo rural

segunda-feira, novembro 13, 2006

SÃO MARTINHO 2006


Pensámos em cruzar tempos e aproximar gerações num momento de convívio e troca de saberes. O passado e o futuro, os avós e os netos, no mesmo contexto, a Escola Básica e Jardim de Infância do Raminho.

Quisemos integrar o evento implementado no nosso estabelecimento de ensino no Projecto “FEIRA DE SÃO MARTINHO” e o mesmo realizou-se no dia 10 de Novembro.

Durante a semana, enquanto se ensaiavam ideias originais, alguns já diligenciavam os preparativos para a comemoração. Uma avó fazia o “crescente” para confeccionar as “escaldadas”. Iríamos todos aprender a fazer os pãezinhos que, antigamente, as avós coziam para oferecer às crianças, por esta época do Pão-por-Deus. O valor simbólico da partilha, também explícito no acto de generosidade do Santo que cortou a sua capa ao meio para dar ao mendigo.

Quinta-feira de manhã, estava tudo a “modos” de amassar: 3 kg de farinha de milho, 1 kg de açúcar, uma colher de sopa de sal, três litros de leite a ferver e escaldam-se os ingredientes. Depois de arrefecer, junta-se 4 kg de farinha de trigo, o fermento, duas dúzias de ovos, duas barras de manteiga, 250g de banha e mistura-se tudo com a farinha de milho. Amassa-se bem amassado e fica a levedar.

Mãozinhas de crianças ajudam a dar forma aos pãezinhos que são colocados sobre folhas de Jarroca, dispostas três a três, uma com a ponta para um lado e a outra no sentido contrário.

Entretanto, “socas” de milho estavam a ser debulhadas, para cozer os grãos em panelas de ferro sobre trempes, ao calor da lenha em achas, e ainda era preciso dar um golpe nas castanhas.

Todos combinavam esforços para tudo ficar arranjado para o dia seguinte.

O dia seguinte amanheceu cinzento, em contraste com a alegre excitação que reinava entre as crianças, mas tínhamos esperança que o Sol ainda pudesse brilhar como conta a lenda.

Subitamente, por entre os chuviscos apareceu um tímido raio de sol e resolvemos arriscar. Corremos rapidamente para o pátio e juntos começámos a dispor as diversas actividades da Feira de São Martinho:

Barraquinha dos Petizes
Venda de castanhas, pipocas, milho cozido, leite e chá. O preçário estava à vista e as crianças trabalhavam afincadamente.

Armar Cavaleiros
Na academia formavam-se os “Martinhos”, soldados do reino. Aqui aprendia-se a esgrima e a equitação.

Feira Popular
Era um espaço de exploração livre do Parque Infantil

Oficina Artistas de Outono
Foi inicialmente dinamizada pelos avós que ensinavam as crianças a fazer as vacas e bezerros com os “tocos” das socas de milho. Eram, em tempos, os brinquedos com que os meninos se entretinham. Uma avó, entusiasmada, elaborava uma boneca de folha de milho, perante o olhar admirado dos pequenos.
















Memórias

Os jogos tradicionais do pião, arcos de ferro e carrinhos de madeira e as canções populares, recriam o cenário de um tempo distante, mas continuam hoje a fazer as delícias dos mais traquinas.















Eira Popular

A estafeta consistia em varrer o milho que se encontrava dentro de um cesto de vindima para outro e transportar de volta, numa vassoura, as castanhas até ao cesto.


Cantinho das Experiências
Os alunos experimentavam três experiências: o pão saltitão, o repuxo e a lâmpada mágica.



Pirâmide dos Valores
Designação de uma estafeta que se realizava em skates, para prender os valores em cada uma das faces da pirâmide quadrangular.




Casino do Raminho
Entre os jogos do Casino, para conquistar pontos, constavam o lançamento à distância, acertar no alvo e o Sapo Glutão.

Banco
Instituição bancária local onde os alunos podiam levantar e trocar dinheiro (material destacável da área da Matemática).

A reflexão sobre a construção do mundo actual, e em particular do mundo rural, onde hoje convergem e se precipitam tempos históricos e se abrem as perspectivas de uma complexidade onde se amalgamam o natural, a tecnologia e o simbólico, onde se ressignificam tradições, valores, saberes, identidades, culturas, impulsionou, por parte de toda a comunidade educativa, este Projecto intitulado “FEIRA DE SÃO MARTINHO, num dia único de convívio entre gerações.

Viva o São Martinho,
na Escola do Raminho!

Hoje, dia 13 de Novembro, segunda-feira, com os alunos, docentes e auxiliares da EB1/JI dos Altares, aproveitámos para repetir o Projecto desenvolvendo as diferentes actividades e confraternizando.
Agradecemos a colaboração do Professor de Apoio à área de Educação Físico- Motora, Rui Martins, da Coordenadora do Grupo de Idosos, Dina Soares, da representante dos encarregados de educação, Isabel Coelho, à avó da Joana e à mãe da Beatriz.

18 Comments:

At 9:34 da tarde, Blogger Cidalia said...

Muito Bem. Também no Areeiro fizemos diferentes jogos no São Martinho mas.... nenhum como estes!!! Que criatividade.
Beijinhos
Cidália

 
At 9:41 da tarde, Anonymous Rui Martins said...

Do que eu mais gostei foi daquele pão de milho com sabor a massa sovada. Que reliquia gastronómica. As cozinheiras e os cozinheiros estão de parabéns. A Aurora parecia a Padeira de Aljobarrota.
É uma iniciativa a repetir. O sucesso dela ficou demonstrado na forma alegre e cordeal com que os alunos participaram e partilharam as divertidas experiências.
Parabèns.

 
At 9:54 da tarde, Blogger Mara Dias said...

Sim senhora,gostei muito de ver a Aurora a fazer de conta que era padeira!!Aposto q foi só p a foto!!!
Para não variar o Raminho continua a brilhar!
Vocês estão de parabéns!

 
At 10:40 da tarde, Anonymous Aurora Pais said...

Nada disso menina Mara...
Não te esqueças que eu sou transmontana!
O que tu desconheces são os meus dotes na cozinha.
Gosto de amassar o pão
e jogar ao pião!

 
At 3:43 da tarde, Blogger Desambientado said...

O problema era mesmo do post anterior.
Agora já se consegue ler tudo com relativa facilidade.

Parabéns mais uma vez pela iniciativa.

 
At 12:24 da manhã, Blogger azoriana said...

Fui vizinha do Raminho
Entre Serreta e Altares
E no Verão de Martinho
Animam-se os paladares.

Os pequenos estudantes
A recordar o passado
Fazem tarefas brilhantes
Ó que tempo abençoado.

Venho por este novel meio
Desejar boa semana.
Esta Escola é um asseio!
- Diz esta Azoriana.

Quase o tempo de Natal
As férias vão avançar,
Um pedido especial:
Que quadras me podem dar?

Beijinhos para alunos e professores.

 
At 2:26 da tarde, Blogger Solange said...

O dia de são Martinho
A nossa escola foi para a escola do Raminho. Estivemos a fazer jogos e brincamos com dinheiro falso.
Comprávamos pipocas, leite, chá e outras coisas.
Gostei muito de almoçar lá.
Também apreciei andar de baloiços e de escorrega.
Por fim, foi bom andar com os meus amigos e outros colegas.

 
At 2:32 da tarde, Blogger Raúl said...

O dia do são Martinho
Eu gostei muito. Estive no Raminho a vender coisas, a brincar e a jogar futebol. A seguir fui comer, fiz jogos para receber dinheiro, brinquei e fui-me embora.

 
At 2:36 da tarde, Blogger Nádia said...

O dia de São Martinho
Eu gostei do dia de São Martinho.
Os meninos da escola dos Altares foram para a escola do Raminho.
Nós andamos em muitas coisas, foi muito divertido.
Também fizemos um jogo de futebol com meninos das duas escolas em cada equipa.
Eu era da equipa mais forte e nós ganhamos.
Os meninos do Raminho são bem-educados.
Fizemos muitas actividades.
Tinha lá à venda castanhas, leite, pipocas e chá.
A venda chamava-se “A venda popular”.
Foi divertido.

 
At 2:39 da tarde, Blogger Gonçalo said...

O dia de são Martinho
No dia de São Martinho eu e os alunos da minha escola fomos até à escola do Raminho. Eu brinquei no escorrega e fiz jogos onde usei dinheiro falso. Lá podíamos comprar leite, pipocas e também castanhas.

 
At 2:42 da tarde, Blogger Mónica said...

O dia de São Martinho
O São Martinho foi muito bonito porque fizemos um jogo muito engraçado e muito divertido.

 
At 2:46 da tarde, Blogger Vanessa said...

Nós passamos o dia de São Martinho no Raminho e gostamos muito.
Fizemos jogos e fomos ao bazar.
Na hora do almoço fizemos um piquenique e brincamos nos baloiços e no escorrega.
Fizemos experiências e fizemos um jogo com dinheiro falso e depois fomos para a nossa escola.

 
At 2:55 da tarde, Blogger Diogo said...

O dia de São Martinho
Eu gostei do dia de São Martinho no Raminho. Eu e os meus amigos brincamos muito e também trabalhamos um pouco.
Gostei muito de comer pipocas.
Foi um dia muito bonito.

 
At 1:50 da tarde, Blogger Sílvia said...

O dia de São Martinho
Eu gostei do dia de São Martinho.
Foi bonito porque fomos para o Raminho e estive a andar de baloiço e de escorrega.
Estive a comer pipocas, milho e castanhas e estive a andar de cavalos à roda.

 
At 1:54 da tarde, Blogger José said...

O dia de São Martinho
O dia de São Martinho foi muito bom porque eu e a minha escola o festejamos com a escola do Raminho.
Nesse dia estive a trabalhar na barraca e consegui vender muitas coisas.
Utilizamos dinheiro falso.
Por fim, estive a jogar futebol.

 
At 1:59 da tarde, Blogger Luís said...

O Raminho
Ir ao Raminho foi bom e fizemos actividades.
Nós tínhamos que ganhar dinheiro para as coisas que se comia na barraquinha dos petizes.
E também fizemos trabalhos e ganhámos dinheiro falso.
E fomos para vários sítios na escola do Raminho.

 
At 2:03 da tarde, Blogger Jorge said...

O dia de São Martinho.
Eu gostei do dia do São Martinho no Raminho.
Eu e os meos amigos muito também trabalhamos um pouco qostei muito de comei pipocas.
Foi um dia muito bonito.

 
At 4:18 da tarde, Anonymous maria candeias said...

excelente iniciativa! é preciso cultivar as nossas raízes para que elas não se percam.

 

Enviar um comentário

<< Home